16 novembro 2008

Missão depois do Congresso Nacional

Os Animadores Missionários ‘Ad Gentes’ (ANIMAG) realizaram em Fátima a sua Assembleia Anual, de 11 a 14 de Novembro. ‘Animação Missionária Ad Gentes em Portugal pós Congresso Missionário’ foi o tema que congregou os cerca de 40 participantes delegados dos 20 Institutos Missionários.

D. António Couto, Presidente da Comissão Episcopal das Missões, foi o primeiro interveniente que, apoiado no seu estatuto de biblista, apresentou a Evangelização como a prioridade das prioridades da Igreja e pediu uma vaga de fundo de Missão em Portugal, para já. Como referência, o Bispo apresentou S. Paulo que teve a intuição de se rodear de bons colaboradores que garantiram o sucesso da sua pastoral. O horizonte ‘ad gentes’ é o único que faz sentido aqui, pois a maioria das pessoas anda noutra onda que não a do Evangelho.

O P. Virgílio Nascimento, Reitor do Santuário de Fátima, seguiu Bento XVI para falar de Maria como Estrela da Evangelização. O Santuário de Fátima é um espaço aberto à Evangelização e por ali tem de passar a Missão da Igreja. Fátima está no mundo e é um lugar de afirmação de Deus e da Igreja, aposta na centralidade das Escrituras, e dos Sacramentos, no amor ao próximo e na oração pelos pobres.

O P. Manuel Durães, Director das Obras Missionárias Pontifícias, fez um balanço muito positivo do Congresso Missionário e mostrou a disponibilidade para continuar a apoiar toda a Animação Missionária que se faz em Portugal. O P. Vítor Mira, director do Serviço de Animação Missionária da Diocese de Leiria-Fátima, falou da geminação desta Diocese com a do Sumbe e do dinamismo missionário que tal Missão tem gerado.

O P. Jorge Guarda, Vigário-Geral da Diocese de Leiria-Fátima, falou do programa de pastoral desta Diocese, salientando a importância da geminação com o Sumbe e da colaboração dos Institutos Ad Gentes na Animação Missionária num testemunho de comunhão.

A Fundação Evangelização e Culturas (FEC), a Associação de Imprensa Missionária (Missão Press) e a Antena Portuguesa ‘Fé e Justiça África – Europa’ (AEFJN) partilharam as iniciativas em que estão envolvidas nos âmbitos missionário e solidário.

A Assembleia foi marcada por celebrações e momentos de partilha das actividades realizadas de norte a sul do país. Foi tempo de balanço e de programação. Houve ainda espaço de cultura e convívio, com a visita guiada ao Convento de Cristo, em Tomar, lugar de referência para a Missão em Portugal, através dos Missionários da Boa Nova.

Os Animadores Missionários saíram de Fátima com dois destinos de Missão na linha do horizonte: Valença do Minho (Viana) e Rio de Mouro (Lisboa) onde se vão realizar as próximas Semanas de Animação Missionária.